O vinho quente – Glühwein

Glühwein

O Glühwein é uma bebida tradicional de Natal mais antiga que o próprio Natal. Durante o Advento esta bebida é altamente consumida na Europa: somente na Alemanha cerca de 40 milhões de litros de vinho quente são consumidos no período, sobretudo nos mercados de Natal. O vinho quente clássico geralmente é feito com vinho tinto e especiarias como canela, cravo, limão e anis (opcional), cardamomo, noz-moscada, pimenta da Jamaica e laranjas. O teor alcoólico do vinho quente é previsto por lei, pelo menos sete por cento. O sabor do vinho quente pode ser ainda melhorado com licor, rum ou conhaque, o que consequentemente aumenta o seu teor alcoólico significativamente.

Existem diversas versões de vinho quente em diversos países Europeus. Abaixo alguns nomes da bebida nas respectivas línguas desses países:

Glühwein (Alemanha, Áustria, Suíça)

Glögg (Suécia)

Jólaglögg (Islândia)

Mulled Wine (Inglaterra)

Vin Chaud (Franca, Suíça)

Vin Brulé (Itália)

 

COMO FAZER VINHO QUENTE – RECEITA

Existem grandes diferenças resultantes da qualidade dos ingredientes utilizados. Vinho quente de menor qualidade geralmente é feito com vinho de qualidade inferior, o sabor típico da bebida é muitas vezes produzido com a ajuda de açúcar e aromas artificiais. Desvantagem: devido ao elevado teor de açúcar e de álcool, é rapidamente absorvido a vai direto à corrente sanguínea, de modo que o dia seguinte pode vir com dores de cabeça desagradáveis. Vinho quente de melhor qualidade é feito de especiarias verdadeiras e um bom vinho, tornando o gosto do vinho quente muito melhor, mais aromático e também faz com que o dia seguinte seja agradável.

Para quem se interessa, aqui a receita básica para vinho quente, feito com vinho, especiarias, frutas cítricas:

Os ingredientes:
– 1 litro de vinho tinto seco
– 1 limão galego
– 2 paus de canela
– 3 cravos
– estrelas de anis (opcional)
– 3 colheres de sopa de açúcar
– um pouco de cardamomo

cinnamon-314668

O modo de preparo:
Despeje o vinho tinto em uma panela, corte o limão em rodelas e adicione o açúcar, os paus de canela e cravo no pote. Aqueça os ingredientes até pouco antes do ponto de fervura e depois cubra e deixe descansar por 1 hora.

Dica importante: o vinho quente só pode ser aquecido e não fervido! Caso contrário, o álcool contido evapora e as especiarias terão o sabor alterado, tonando-o amargo.

Com o cardamomo, o vinho quente recebe um toque final. Os pedaços de especiarias – como paus de canela, cravo e estrelas de anis – devem ser removidos com uma peneira. Para que o vinho quente não perca o seu calor, é aconselhável armazená-lo em garrafas de vidro pré-aquecidas. Decore com um pau de canela no vinho quente ou uma fatia fina de limão na borda do copo. Adoce a gosto com açúcar ou mel. Dependendo do gosto se recomenda uma dose de rum! Fica uma delícia! E esquenta do frio!

IMG_0258

Saúde! 🙂

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *